Gestão do Varejo

Prevenção de perdas: 5 dicas para não perder produtos vencidos!

Tempo de leitura: 3 min

Gerenciar o estoque de forma eficiente é um grande desafio para a maioria dos empresários do varejo. Atualmente, a perda de produtos por data de validade vencida pode ser tão grande ou maior do que as ocorrências de furtos. Isso representa um prejuízo enorme para o negócio.

Então, como fazer uma prevenção de perdas para essas mercadorias? É isso que você vai descobrir a partir de agora. Confira as principais dicas que separamos para você ter sucesso na estratégia!

1. Crie um inventário e atualize-o com frequência

Tudo deve começar com um inventário. Isso mesmo, não confie só na memória. Muitas mercadorias podem se misturar no estoque e acabar esquecidas. Quando encontrá-las, pode ser tarde demais.

Para que isso não aconteça no seu negócio, liste tudo o que tem e suas respectivas datas de validade. Além disso, atualize as informações do documento semanalmente. Isso vai ajudar você a ter maior visibilidade sobre o estoque.

2. Estabeleça um bom controle de estoque

Com um inventário pronto, é hora de aprimorar o controle do estoque. Para isso, crie um método de organização para listar as mercadorias por data de validade. Feito isso, posicione os produtos físicos no estoque conforme a disposição da lista.

Ou seja, deixe as mercadorias com datas de validade mais próximas sempre na frente das mais distantes. Assim, você cria um fluxo de saída de acordo com as datas de vencimento, que podem ser iguais às do registro de entrada no armazém. Acredite: isso deve influenciar muito na saúde financeira do negócio.

3. Promova treinamentos aos colaboradores

Os colaboradores têm grande responsabilidade nas políticas de prevenção de perdas. Eles devem ser vigilantes, contribuir para a descoberta de falhas no gerenciamento do estoque, informar ocorrências e, claro, dar ideias para a melhoria do controle.

Porém, a empresa só vai conseguir ter trabalhadores com esse nível de engajamento se realizar treinamentos teóricos e práticos com frequência, além de oferecer recompensas por seus esforços.

Com a qualificação profissional, eles não se sentirão inseguros em ter autonomia no trabalho e metas mais ousadas poderão ser atingidas. Aproveite para dividir esse sucesso com os colaboradores, oferecendo uma premiação pela participação direta nos resultados. Isso vai motivá-los ainda mais.

4. Faça campanhas promocionais

Mesmo com um bom controle de estoque, existem períodos de sazonalidade que podem afetar drasticamente as vendas, reduzindo o volume de saídas de mercadorias do estoque. Nesses casos, as datas de validade podem ficar muito próximas e medidas precisam ser adotadas para forçar o escoamento dos produtos.

A melhor forma de fazer isso é se reunir com o departamento de marketing e vendas para, juntos, desenvolverem uma campanha promocional. Você terá que abdicar de parte da margem de lucro e ainda investir em publicidade, mas o resultado fará com que você movimente o estoque, gerando receitas para reforçar o caixa em uma época difícil.

5. Use um software de gestão

Muitas empresas ainda realizam o controle do estoque por meio de planilhas impressas ou eletrônicas. O problema é que elas não são eficientes. O risco de perda das informações é grande, os cálculos precisam ser feitos manualmente e a análise dos dados é extremamente trabalhosa e demorada. A melhor solução, nesse caso, é usar um software de gestão.

A tecnologia permite otimizar todos os processos de controle do estoque e entrega ferramentas de apoio ao gerenciamento, elevando o nível de eficiência operacional e estratégica do negócio.

Com a prevenção de perdas de mercadorias vencidas, a empresa conserva seu capital e mantém o poder competitivo no mercado. Isso é importante, principalmente em momentos de crise econômica. Então, não perca mais dinheiro. Coloque essas dicas em prática e torne a empresa mais forte financeiramente.

Gostou das dicas? Assine a nossa newsletter agora mesmo e seja o primeiro a receber nossas novas postagens!

Powered by Rock Convert