Depreciação de produtos
Gestão do Varejo

Depreciação de produtos: saiba o que é e como evitar em sua empresa

Tempo de leitura: 3 min

O conceito de depreciação de produtos é algo bem conhecido dentro da contabilidade, porém, é comum que muitos gestores não tenham atenção a esse ponto dentro da administração de uma empresa, o que pode acarretar prejuízos.

Com um mercado cada vez mais competitivo, é preciso buscar formas de minimizar custos e amplificar resultados, evitando ao máximo o desperdício de recursos e investimentos mal feitos para garantir a lucratividade de uma organização.

Uma saída para isso é entender a depreciação de produtos e bens. Caso você não esteja familiarizado com esse termo, não se preocupe, criamos este post exatamente para ajudá-lo a compreender melhor o tema. Boa leitura!

O que é depreciação de produtos?

O conceito de depreciação é utilizado na contabilidade para calcular e entender a perda de valor de um bem. Isso decorre diretamente de sua utilização, desgaste natural ou obsolescência.

Para demonstrar de uma forma natural, a contabilidade registra tal fato com o desconto de um determinado valor percentual do montante contábil, que representa o item em questão, levando em consideração uma série de regras, como sua vida útil.

A depreciação ocorre nos ativos da empresa, que podem ser permanentes, como edifícios, veículos e maquinários, ou circulante, como matérias-primas e os próprios produtos comercializados no atacado ou no varejo.

Seja para ativos permanentes ou circulantes, para aplicar a depreciação, eles devem ter sido adquiridos há mais de um ano.

Quais as variáveis envolvidas?

A principal variável ao falarmos sobre a depreciação é a vida útil do item a ser analisado. Devemos verificar o seu custo e escolher um método de depreciação. O mais largamente utilizado é o linear.

Para isso, podemos utilizar a seguinte fórmula: depreciação = (valor novo – valor residual) / vida útil.

Imagine que um veículo foi adquirido por R$50.000,00 reais e tem um valor residual de 10%, ou seja, R$5.000,00 reais. Sua vida útil é de 5 anos. Dessa forma, nosso cálculo seria: depreciação = (50.000 – 5.000) / 5. O resultado é R$9.000,00 reais por ano.

Como evitar a depreciação de produtos em sua empresa?

Assim sendo, é com a utilização do cálculo de depreciação que poderemos entender um bem ou produto desvaloriza anualmente. Essa conta pode ser feita até mesmo mensalmente, compreendendo assim o melhor momento para vendê-lo.

Dentro do varejo, o cálculo de depreciação auxilia a verificar quais os melhores momentos para se fazer uma promoção. Dessa maneira é possível girar o estoque e minimizar as perdas de valor dos itens. Ao mesmo tempo, é possível entender o preço a ser negociado para que não se perca ainda mais na venda.

O conhecimento da depreciação não é apenas uma variável contábil, pois gera planejamento estratégico para a gestão da empresa, se mostrando uma ferramenta essencial para tomar  decisões mais produtivas e corretas em busca de um crescimento do negócio.

Esperamos que este post possa ter trazido uma luz sobre o tema da depreciação de produtos e que você tenha entendido como esse cálculo pode ser um diferencial em diversos modelos de empresas, visando uma melhor utilização dos recursos.

A todo momento escrevemos posts informativos como este, e você pode recebê-los diretamente em seu e-mail. Para isso, assine agora mesmo nossa newsletter!

Banner para baixar manual de como Calcular Seu SalárioPowered by Rock Convert